Profilaxia Dental

A importância da profilaxia/ destartarização, na busca de um sorriso perfeito

Pelo menos uma vez ao ano é recomendável fazer uma limpeza geral dos dentes. Mais que ter um sorriso bonito, ter uma boca saudável é essencial.

Para isso, um dos procedimentos odontológicos que deve ser feito pelo menos uma vez ao ano é a limpeza dos dentes.

Para quem não sabe, a profilaxia (como é chamada a limpeza) remove placa e tártaro que podem causar gengivite, cáries, mau hálito e outros problemas. Esse procedimento pode ser feito de duas maneiras diferentes: com o jato de bicarbonato ou a raspagem dos dentes com curetas. Ambos devem ser seguidos por um polimento com pasta profilática, específica para o procedimento. O procedimento é simples, relativamente rápido e sem dor. Só em casos muito específicos precisamos usar a anestesia, estes quando o paciente tem uma sensibilidade muito severa, ou se o tártaro está mais sub gengival.

A diferença entre a raspagem e o jato é que o jato de bicarbonato remove o tártaro dental através da força do spray que é expelido do equipamento. É um procedimento agressivo para a gengiva do paciente, pois o controle do jato não é regular, mas a vantagem é a rapidez e a praticidade. Já a raspagem feita com curetas permite um controle maior, além de não agredir a gengiva, também alisa o dente.

Depois disso o dentista finaliza com polimento utilizando uma pasta especial e um instrumento motorizado que remove a placa restante e as manchas de superfície. As superfícies polidas dos dentes tornam mais difícil a acumulação de placa e de restos.

São procedimentos simples, mas importante. Removendo periodicamente a placa, você não deixa que os ácidos provenientes das bactérias desmineralizem seu dente, causando assim, cárie, mau hálito, entre outros problemas agravantes.

Após fazer a limpeza no consultório, uma escovagem adequada e a utilização do fio dental, em casa, prolongam os resultados.