Dentistria

Cárie Dentária

A OMS (organização mundial de saúde) define a cárie como a destruição do dente por bactérias presentes na placa bacteriana (estas produzem ácidos que destroem o dente) sendo a patologia de maior incidência, atingindo cerca de 70% da população mundial. Na cavidade oral a cárie é a patologia mais frequente, tendo aqui a prevenção um papel preponderante no seu controlo (a produção de ácidos está diretamente relacionada com o que comemos, sendo os hidratos de carbono como pão, doces ou fruta os que mais ácidos produzem)

Como evitar a cárie?

Uma boa higiene oral, pelo menos duas vezes ao dia com escova adequada e em boas condições, um dentífrico com flúor, fita dentária e um elixir de uso diário (para dentes ou gengivas) juntamente com consultas de controlo e despiste semestral pode reduzir ou mesmo eliminar a cárie dentária e todos os problemas causados por esta patologia, contribuindo assim para a conservação dos seus dentes sãos.

Remoção da cárie

Numa única consulta é possível eliminar totalmente a zona com cárie e proceder á total reconstrução do dente, voltando assim o dente a ter todas as características estéticas e funcionais.
Normalmente as restaurações são realizadas com compósitos de última geração (compósitos nano-particuladas), sendo quase impercetível nos seus dentes, ou por amálgamas (chumbo) com alta resistência à mastigação.